Pesquisar este blog

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Garoto encontra Garota (parte 1)




Oi gente!!!! 

Quero apresentar para vocês este livro maravilhoso, que tem me encantado muito, devorei ele, e estou lendo pela segunda vez, assim, uma atras da outra... pois é o tipo de livro que sempre procurei, ele capta com precisão como deve ser de fato um namoro cristão...
Eu disse que ia escrever coisas polêmicas, pois o que mais vemos nas redes sociais é declarações desenfreadas de "amor"! Vamos parar pra pensar antes, avaliar, e principalmente,  
NÃO SE DESESPERAR!!!
Quero de alguma forma ajudar muitas amigas e amigos, que na vontade de acabar com a solidão, engatam "romances" rápidos, e acabam por ficar tristes e descontar tudo nas redes sociais! Gente, não precisa disso, guardem o que vocês tem de mais precioso, O CORAÇÃO! Ele é muito precioso, não saem distribuindo amor assim a torto e a direito.... tenham calma.... 
Bom, vou falar mais disso depois, mas por agora, quero começar uma série de postagens sobre este livro, sim, não da pra falar dele apenas numa postagem, porque ele É O LIVRO... e vai valer muito apena vocês lerem! Vou começar colocando aqui pra vocês a história de um garoto, que encontra uma garota, e bem.... acho bom lerem e deleitem-se, (assim como eu, rsrsrs )


ROMANCE E SABEDORIA:
UMA UNIÃO FEITA NO CÉU
Porque você precisa de algo além de fortes sentimentos

Este lugar esta ótimo, Rich disse tristemente. Ele olhou sobre os ombros dentro da escuridão da noite para ter certeza de que ninguém estava olhando, e então ergueu sua pá e acertou o chão.
Clang!
O som do aço acertando uma pedra ecoou no silêncio da noite. Ele se jogou no chão, seu coração martelando no peito. Mas que droga! Provavelmente havia acordado a vizinhança inteira. Rangeu os dentes ao pensar na possibilidade de ter acordado alguém na casa de Christy. E se o pai dela viesse para fora e o descobrisse? Que explicação poderia dar ao pai de sua ex-namorada para estar no jardim da sua casa com uma pá, ás três da manhã? Ele tentou não pensar nisso.
Rich prendeu a respiração e esperou. Tudo estava quieto.
Lentamente ele se levantou e retomou seu trabalho, desta vez, com cuidado redobrado. O barulho de sua escavação ainda parecia inacreditavelmente alto, mas ele decidiu terminá-la. Christy e sua família viviam no interior da Virgínia e tinham um grande jardim a frente da casa.
Rich estava provavelmente a uns trinta metros da casa. Eles ão ouviriam. Pelo menos ele esperava que não...

O MARAVILHOSO PRESENTE DO ROMANCE

Antes de explicar porque Rich Shipe estava cavando um buraco no jardim de Christy Farris, preciso voltar um pouco no tempo. Esta é uma história e tanto, na verdade, é uma das histórias mais românticas que eu já ouvi. Mas esta não é a única razão pela qual estou compartilhando-a com você. Esta história fará algo além de simplesmente aquecer seu coração. É um exemplo do que acontece quando o romance-  e todos aqueles sentimentos de paixão, excitação e urgência que o acompanham- é guiado pela sabedoria. 
Quatro anos antes de sua escavação secreta no jardim, Rich tinha encontrado Christy na pequena igreja que eles frequentavam.
Os dois tinham quatorze anos. Rich achou Christy muita bonita; Christy achou Rich muito chato. Felizmente para Rich, ele não ficou com quatorze anos para sempre. Depois de algum tempo, ele e Christy se tornaram bons amigos. Durante o último ano do colégio, o relacionamento dos dois se tornou romântico. Eles começaram a se corresponder- não por e-mail, imagine, mas por cartas escritas á mão-  para expressar seus sentimentos. Cada carta vinha de um coração cheio de amor.
Amar não era algo que Rich e Christy poderiam explicar facilmente. Quem dentre nós pode descrever o misterioso e poderoso desejo de buscar o amor do outro? Palavras não fazem justiça. Definir o romance é como tentar capturar a grandeza do Grand Canyon com uma máquina fotográfica. Não importa quantas fotos você tire, sempre irá faltar um pedaço.
E adivinhe só: apaixonar é ideia de Deus. Foi Ele que nos criou capazes de experimentar sentimentos românticos. Ele os deu a capacidade de apreciar a beleza e de nos sentirmos atraídos por ela. Inventou o casamento para que o fogo abrasador da paixão pudesse se tornar algo ainda mais lindo- um amor pulsante e belo envolvido na aliança do casamento.
Por que Ele o criou? Pela mesma razão que criou o pôr-do-sol, as montanhas e as borboletas! Porque Ele é bom. Porque deseja nos dar um milhão de oportunidades diferentes para ver o quão maravilhoso Ele é.
Pense no primeiro homem e na primeira mulher que Deus criou. A história de Adão e Eva é o "garoto encontra garota" original. Sua história de amor mostra claramente que Deus é o autor do romance. Apesar de não pensarmos na história de Adão e Eva como uma história de amor, ela é repleta de romance. Eles eram seres humanos como você e eu. Eles viram, sentiram e desejaram. Você pode imaginar o momento em que os olhos dos dois se encontraram pela primeira vez? Visualize-o. Como deve ser ver um maravilhoso espécime do sexo oposto quando você nunca imaginou que ele existisse?
Fagulhas voaram.
Existiu uma química bem maior entre estes dois do que qualquer coisa que você já viu. E aqui está a parte mais incrível: Deus estava assistindo e se alegrando. Foi Ele que arranjou o encontro do primeiro casal. Deus, que criara galáxias através de sua voz, se alegrou na beleza do romance entre homem e uma mulher. Eu não consigo deixar de pensar que Deus estava sorrindo ao ver o coração dos dois primeiros seres humanos batendo mais rápido do que nunca.

Continuação.....(próximo post)


Obs: Agradecimentos a minha amiga Fernanda que me apresentou este livro... ainda to pensando em devolver, rsrsrrsrs :)





9 comentários:

  1. Aiaiai.. Me lembrei de trechos desse livro e de como aprendi com ele!
    Sempre falei que você precisava ler.. mas acho que deixei para o momento propício, né?! kkk

    Bem, sobre as altas declarações nas redes sociais...
    Infantilidade e necessidade de demonstrar carinho até mesmo por insegurança!
    Então, vou resumir em uma palavra: INSEGURANÇA!

    Não vou dizer que não fiz isso, SIM EU JÁ FIZ! Acho que na hora, você não pensa muito bem.. Mas infelizmente, o que é postado na internet fica lá... E essa tal certeza que muitos dizem ter... Pode acabar dias e meses depois.

    Quantas amigas e amigos ( em sua MAIORIA [pra não dizer todos!] obreiras e pastores..) gente que tem dezenas e centenas de amigos em comum e que postam declarações e mais declarações e depois?? Terminam!
    .. Não estão mais juntos... e tudo o que acabamos ouvindo por aí é:
    - Ixi, Fulana não está mais com ciclano!

    Como a Carine colocou naquele trecho.. Deus é o melhor 'cupido' que alguém pode ter.. mas antes de tudo.. Ele quer que aproveitemos cada 'etapa' da conquista, das conversas, de se conhecer.. e não pular direto para o 'relacionamento sério' e eu estou namorando com o fulano..(Será que isso não é o que REALMENTE vemos nos relacionamentos do mundo??)

    A Menina tem que se deixar ser conquistada o o homem em ver o quanto vale a pena lutar por aquele mulher.. Será que isso realmente se perdeu?


    Nossa, nasci na época errada MEEESMO! (rs)


    No aguardo da continuação... :P


    Beijos, tosca!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Feer :)
      nasci na época errada também....
      mas sempre há tempo.....
      eu amei o livro, e espero de coração ajudar muita gente, pois é como vc disse, as vezes o namoro "cristão" esta se parecendo muito com o namoro que vemos no mundão ai..vigiemos, vamos mostrar Jesus em tudo o que fazemos.... principalmente quando nos aproximamos de alguém para ter um relacionamento sério( de verdade néh)
      bjuuuss

      Excluir
  2. Amada Carine, muito lindo seu cantinho <3 , já te dizendo segura que a benção é GRANDE e ponto.
    Bjs.
    Deus é contigo.
    Alessandra - DecorfestBalões

    ResponderExcluir
  3. Obrigada Alessandra querida...
    compartilhe com o pessoa... a intenção é ajudar mesmo :)
    bjus minha querida :)

    ResponderExcluir
  4. Amei.... Quero logo ler a continuação ou melhor ler o livro inteiro!
    Me lembrei de quando conheci meu marido eu tinha apenas 14 anos também, e nós não começamos a namorar nessa época, não! Só depois de uns 3 anos é que eu fui me interessar por ele, e nesse tempo todo ela já gostava de mim. Não pensem que eu fui fácil em... rsrsrs. Ele teve que me conquistar mesmo... e é isso que falta em muitas jovens de hoje em dia. Elas não se valorizam e acabam se entregando para o primeiro que se interessa por elas!
    Minha dica para as solteiras: Se Valorizem! Só assim aquele homem que Deus preparou pra você vai te valorizar também!
    Estou adorando seu blog Carine, parabéns...
    Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ana
      por compartilhar sua experiencia :)
      e por curtir o blog...
      que Deus continue ti abençoando :)
      beijinhos

      Excluir
  5. Parabens Cah, pela iniciativa do blog, espero que você venha alcançar muitas pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada minha querida Mayra
      ajude a divulgar.... vamos ajudar muita gente!!!
      bjus amiga :)

      Excluir